“Desativação da Cadeia Pública de Camocim”

0

Com a decisão do governo de desativar no mínimo 80 das 119 cadeias do interior do Estado devido a onda de ataques violentos na capital e no interior, esse seria o momento exato para as autoridades que representam o município (executivo, legislativo, judiciário e MP) intercederem junto ao governador sobre a desativação da tão polêmica cadeia pública de Camocim. Até o presente momento não se sabe ao certo se nossa cadeia será ou não desativada, o que existe mesmo é muita especulação.

Localização polêmica

Há tempos a população do município implora junto às autoridades pela desativação ou pelo menos a mudança de localização da cadeia pública. Encravada em pelo Centro da cidade ela é uma ameaça constante para moradores e comerciantes do entorno. Para se ter ideia a cadeia está localizada a cerca 20 metros do prédio do Fórum; a cerca de 50 metros do prédio onde funciona a Prefeitura Municipal e a Câmara dos Vereadores; a cerca de 15 metros da Caixa Econômica Federal e rodeada por moradores e comerciantes que há tempos reclamam da situação. Vale ressaltar que durante uma rebelião ocorrida em 2016, houve a destruição de grande parte da cadeia e durante a fuga dos detentos, 15 deles invadiram e se esconderam dentro de uma residência de uma conhecida família da cidade. Os detentos foram capturados pela PM momentos depois, no entanto, ficou o trauma para os moradores da casa.

Destaque negativo

Prédio antigo, superlotação, paredes frágeis e úmidas, grades enferrujadas e danificadas, cadeados inapropriados, grande números de aparelhos celulares com os detentos, tudo isso faz parte dos inúmeros problemas que passa atualmente a cadeia pública de Camocim. Infelizmente a cadeia de Camocim, principalmente nos anos de 2016 e 2017, virou destaque negativo em todo Estado com duas grandes rebeliões, homicídio, lesões corporais graves, tráfico interno de drogas e a permissão para entrada somente de detentos de uma só facção. Todos esses problemas já são de conhecimentos de todas as autoridades de Camocim e do Estado, no entanto, até agora nada foi feito além de promessas e mais promessas.

Superlotação

Com as inúmeras prisões efetuadas pela polícia já era esperado que a cadeia ficasse superlotada. Com capacidade para apenas 67 detentos, atualmente a cadeia comporta quase que 300, mais que o triplo de sua capacidade. Como já dizia um Agp, “cadeia lotada é sinônimo de estresse, insatisfação, nervos a flor da pele, a cadeia se torna um verdadeiro barril de pólvora.”

Com Informações Camocim Polícia 24h

5/5 (2)

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.