CAMOCINENSES PELO MUNDO.

2

Convidamos o amigo Raphael Montezuma a contar suas experiências viajando pelo mundo, que nos apresentará lugares maravilhosos, cheios de cultura, e nos dará dicas importantes de como sempre poder usufruir bem das nossas viagens. E nossa segunda viagem, será para Bruxelas, situado na Bélgica país da Europa ocidental, próximo a Holanda e França.

Confira abaixo.

Se você gosta de chocolate e cerveja este é o lugar certo, mas Bruxelas tem muito mais que isso. É uma cidade super aconchegante e surpreendente.

BÉLGICA (BRUXELAS E BRUGES)

Minha segunda matéria, é na Bélgica, um país situado na Europa ocidental, mais ao norte, próximo a holanda e França. Devido essa localização fala-se 3 línguas  (Holandês, Francês e Alemão). Para quem vai para sua capital Bruxelas, escutará principalmente o Francês, mas muitas pessoas falam o inglês nos pontos turísticos. Como falei no post passado, o melhor portão de entrada para nós cearenses na Europa é Frankfurt, e de lá você pode pegar um trem por um valor aproximado de 80 euro, que em 2 horas chegará à Bruxelas.

Bruxelas é conhecida como a Capital da Europa, apesar de ser uma cidade relativamente pequena (cerca de 1 milhão de habitantes), lá se encontra a sede da União Européia onde são tomadas de decisões políticas importantes para a região do Euro.

Onde ir?

m,m,m, mm,m, ookok

A maior parte dos pontos turísticos que conheci encontram-se próximo à Gran Place. Dá para fazer quase tudo à pé se você estiver com disposição para caminhar bastante, se não, o transporte público é bem fácil de utilizar, existem ônibus, trens e funiculares (uma espécie de trem elétrico).

  • Grand Place: É o ponto principal da cidade, possui construções no estilo gótico e barroco. De lá é fácil chegar em vários pontos turísticos. Se você for na primavera terá a oportunidade de ver o tapete de flores que cobre toda a praça e que é o cartão postal da cidade.
  • Atomiun: Um monumento super futurista e visita obrigatória para quem for à Bélgica.
  • Manneken Pis: uma pequena estátua de um garoto fazendo xixi. Não achei nada interessante, mas as pessoas formam filas para tirar uma foto. Existem várias lendas sobre a estátua de apenas 58 cm, a mais famosa é a de que ele representa o espírito desafiador dos Belgas, um povo que participou de inúmeras guerras.
  • Palácio Real: Apesar do nome, não mora nenhum rei ou imperador rsrsrs. É neste palácio que são tomadas as decisões políticas do país, corresponde ao nosso Congresso Nacional.
  • Galeria Saint-Hubert: Um espaço para quem quer gastar um pouco de tempo fazendo compras, lá voce irá encontrar muitos souveniers e lojas de chocolates incríveis.

Onde se hospedar?

Quando fui à Bélgica me hospedei na casa de amigos, uma ótima opção para quem conhece alguém que mora fora do Brasil. É super agradável encontrar alguém conhecido fora do seu país. Meus amigos Afrânio e Donat me receberam muito bem e ainda me contaram ótimas histórias sobre a cidade.

Uma ótima localização para estar em Bruxelas é próximo à Grand Place, não tem erro, tudo fica próximo.

Onde Comer?

Na culinária Belga é muito consumido batata frita (Eles dizem que é a melhor do mundo), mexilhões e coelho. Não guardei nome de restaurantes, mas o app Trip Advisor pode te ajudar com isso. A Bélgica é um país um pouco caro para nós brasileiros, um prato individual custa cerca de 18 euros em bons restaurantes (cerca de R$80).

A noite em Bruxelas?

Quem visita esta cidade não podem deixar de conhecer esses dois pubs: Delirium e Celtica. Muita gente bonita, som de bom gosto e muita cerveja barata!!!!!! No cardápio deve ter mais de 100 títulos!!! O Delirium é o mais famoso e leva o nome de uma cerveja muito consumida na Bélgica. Localiza-se no centro, no subsolo de um prédio antigo.

O “A La Mort Subit” é outro pub, só que mais tranquilo, para ficar sentado conversando. Lá nós pedimos uma batata frita (que é típico na Bélgica) e o garçom respondeu que não tinha. Então perguntei: mas como pode não ter batata frita? e ele respondeu: você acha que todo restaurante em Roma tem pizza? Kkkkkkk. Os garçons tem um bom senso de humor, pode parecer falta de educação, mas é o jeito deles.

Obs: muitos lugares não disponibilizam Wi-Fi para que as pessoas não usem o celular, e sim para que conversem entre si.

DICA ESPERTA: 

cats

Para dar um “Up” na sua ida à Bruxelas, recomendo ir a uma cidade próxima que se chama Bruges, uma cidade medieval encantadora, com alguns castelos, ruas de pedras e vários canais que cortam a cidade. O trem demora cerca de 1 hora e o caminho é lindo. Dá para conhecer tudo em um dia e voltar para Bruxelas, mas dormir uma noite por lá não seria má idéia.

4.5/5 (4)

Deixe sua avaliação

2 Comentários

  1. Thiago Montezuma Em

    Muito legal Rapha, vc resumiu bem, é uma cidade muito aconchegante, uma capital pequena, bem diferente das outras metrópoles.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.