A IMPORTÂNCIA DO JOVEM PROTAGONISTA NA MUDANÇA DE UMA CIDADE.

0

Relatos do jovem protagonista, Alexson Madeira.

A participação do jovem na mudança social e política de nossa cidade está sendo cada vez mais comum, à frente de tantos acontecidos como, escândalos administrativos, desigualdades sociais, violências, drogas, os jovens estão tendo motivos plausíveis para uma modificação urgente. Eles têm a energia, entusiasmo, criatividade e inquietude que podem ser a força motriz capaz de provocar grandes transformações no ambiente em que vivem. Enquanto a infância é a etapa oportuna para desenvolver o discernimento, o impluso juvenil e a impavidez são favoráveis para elaborar, na prática, os métodos necessários na preparação de uma sociedade melhor. É comum ouvirmos que o Brasil precisa mudar, ocorre que nenhuma grande transformação para conseguir grandes resultados acontece de repente, a mudança precisa de tempo e dedicação, iniciando primeiramente pelo lugar onde moramos, pela nossa própria cidade. E para que esse processo de renovação germine em nosso meio, precisamos semear as sementes, e essas sementes estão nos jovens, cabe a eles mesmos reivindicarem e assumir seu papel na participação de movimentos sociais e políticos, como aconteceu no período da Ditadura militar, movimento Abolicionista, Tenentista e tantos outros, a final, eles representam 20% dos eleitores e qualquer reforma na história, na política, no desenvolvimento econômico passa pela participação ativa de nossa juventude. Temos que valorizar o jovem e incentivá-lo como cidadão de direitos, possibilitando a conquistas de suas procuras, como emprego, educação, saúde, esporte e lazer, pois na ausência de projetos participativos e na falta de comprometimento com mudanças, eles acabarão destinando sua atenção para outras prioridades e passarão a ver a política como algo desimportante e superficial, esquecendo que ela é a arena central da construção do futuro coletivo. É nesse momento que o protagonismo juvenil em uma cidade é significativo, pois é uma maneira alternativa de colocá-los no centro das ações, assumindo os seus planejamentos, implementações e riscos, tendo sua independência educativa em prol de uma transformação dinâmica e revolucionária na sociedade. Estamos todos certos de que mudar é necessário, observamos com bastante apreensão esse momento. Os jovens precisam ser incentivados com bons exemplos, com histórias de decência, com valores e princípios éticos, não existe melhor tempo que este para que os jovens possam fazer a sua análise e empregar as suas decisões. A mudança pode começar ao fazer uma melhor escolha da representação administrativa da cidade. Os candidatos, irão respeitar a opinião dos jovens e assim transmitir sugestões e propostas que envolverão seus interesses. Esse esclarecimento político e social precisa vir também da Escola, dos professores e dos pais, porque hoje o país respira política por todas as partes, a escola não pode ser apenas zona de propagação de conheciemnto ou informações de livros didáticos, tem de ser, sobretudo, recurso de construção e aperfeiçoamento de caráter e dignidade. Deveria ser conferido à escola a sua responsabilidade de instituição de transformação social, sem dúvida o jovem seria o sustentação da transformação coletiva que tanto buscamos.

 

 

4.96/5 (252)

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.