Justiça nega indenização a Geovana Aguiar durante gestão da Policlínica de Camocim

0

A ex-Diretora da Policlínica de Camocim, Geovana Aguiar perdeu na justiça, uma indenização oriunda dos débitos de contratações entre o Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Camocim (CPSMCAM).

Com a decisão, a Justiça do Trabalho de Tianguá não reconheceu o direito que ela pretendia e determinou que caso queiram discutir mais alguma coisa, deverão fazer junto ao ao Juiz de Direto da 2ª Vara de Camocim, Dr Washington.

Ainda em 2015, Geovana havia conseguindo uma liminar expedida pelo desembargador Marcondes Pontes Vieira, suspendendo a decisão de primeira instância do Juiz Antônio Washington Frota, que a afastou da direção do Hospital Deputado Murilo Aguiar. Em junho de 2016, o habeas corpus foi a julgamento do mérito e a liminar que favorecia Geovana Aguiar foi cassada, inclusive com voto do próprio desembargador Marcondes Pontes Vieira, que em primeiro momento, havia lhe beneficiado.
Os advogados de defesa de Geovana Aguiar entraram com recurso especial tentando desconstituir a decisão, mas o Tribunal de Justiça do Ceará negou no dia 11 de abril deste ano.
Geovana é irmã do deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT), cunhada da prefeita de Camocim, Monica Aguiar (PDT) e filha do ex- deputado estadual e ex-presidente e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Chico Aguiar.
5/5 (1)

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.