Agente penitenciário levaria armas e daria apoio a fuga de presos

0
Um agente penitenciário foi contratado por uma facção criminosa local para levar celulares e armas de fogo para dentro de um presídio na Região Metropolitana (RMF) e para dar apoio a uma fuga de detentos. Mas o esquema criminoso foi descoberto pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário do Ceará (CGD) e pela Secretaria da Administração Penitenciária do Ceará (SAP) antes dos presos receberem as armas.
A Delegacia de Assuntos Internos (DAI), da CGD, cumpriu um mandado de busca e apreensão – expedido pela Justiça Estadual – contra o servidor Milton Oliveira Martins Neto, em uma residência no Município de Itapajé, na última terça-feira (9), para colher documentos e mídias que colaborem com a investigação.
Milton Neto terminou preso em flagrante por não estar na posse da arma funcional. A pistola calibre 380 estava com um comerciante da região, que apresentou a arma à Polícia Civil minutos depois. O agente penitenciário pagou fiança de R$ 1,5 mil e foi solto, para responder em liberdade pela prática criminosa de emprestar arma de fogo de uso permitido, além da suspeita de corrupção passiva.
Ao ser interrogado na DAI, o policial penal confessou que começou a fazer os “corres” (trabalhos ilegais) no Instituto Penal Professor Olavo Oliveira (IPPOO) II, em Itaitinga, em janeiro deste ano, para sustentar o vício em apostas de jogos de futebol. Ele recebia R$ 2 mil por cada celular que levava para dentro do cárcere.
O pagamento chegou a ser feito através de transferência bancária para a conta da namorada de Milton, mas depois o dinheiro passou a ser entregue em espécie, por esposas de detentos, em um shopping localizado no bairro Papicu, em Fortaleza. O agente penitenciário afirmou que realizou três negociações, sendo que uma delas rendeu R$ 16 mil (equivalente ao valor da entrega de oito celulares). Os contatos do servidor eram duas lideranças da facção.
Informações do Diário do Nordeste.
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.