Jovem é morto a pauladas no bairro Brasília em Camocim

0

Gabriel Simon, 17, foi morto à pauladas por volta das 13h do domingo, 5, na Travessa Dr. Raimundo Veras, bairro Brasília, às margens do Lago das Thyerris, em Camocim. O adolescente já havia cometido infrações e tinha alguns inimigos na cidade.

Testemunhas alegaram ter visto a vítima com dois indivíduos descendo para a beira do Lago Das Thyerris, momentos antes da execução, logo pós, os mesmos envolvidos saíram do local sem o menor. Cerca de 30 minutos depois, uma pessoa acionou a PM ao passar pelo local e se deparar com o corpo da Gabriel ensanguentado e com várias lesões na altura da cabeça.

Foto: Camocim Polícia 24h

O comandante da 3ª Cia/3ºBPM, Major Flávio Dias, foi informado do crime e determinou a busca aos suspeitos, por volta das 15h uma equipe da Força Tática, sob o comando do Sargento Djany, conseguiram identificar Leonardo Ferreira dos Santos, ex-detento, e Idalgo Ferreira de Paula, ambos foram detidos e negaram envolvimento, contudo, a família de Gabriel afirmou que os acusados o haviam ameaçado recentemente.

Durante as investigações, uma equipe da Polícia Civil encontrou  roupas sujas de sangue na residência de Leonardo, as provas foram o bastante para que ele confessasse o crime. Em depoimento ele afirmou ter desferido dois golpes no rosto da vítima juntamente com Idalgo e que além dos dois, o irmão dele, menor de idade, também participou da crime do adolescente. Os policiais saíram à procura do terceiro acusado mas não conseguiram encontrá-lo.

A dupla foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Camocim onde foram ouvidos pela delegada que cobria o plantão, após ouvir os envolvidos e testemunhas, ela resolveu dar voz de prisão por crime de homicídio, artigo 121 do Código Penal Brasileiro. O terceiro participante, irmão de Leonardo, continua foragido.

 
Terceiro homicídio registrado na cidade
Com mais esse caso, o município de Camocim contabiliza o terceiro crime por homicídio apenas no início de 2017, o primeiro aconteceu dia 29 de janeiro, ocasião onde um adolescente de 16 anos foi morto a socos e chutes.

No segundo, dia 8 de fevereiro, um deficiente mental foi morto a golpes de gargalo de garrafa por um ex-detento. Nos três casos relatados a PM conseguiu efetuar a prisão dos acusados.

 

Fonte: Camocim Polícia 24h

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.