Polícia prende traficante que vendia drogas com pagamento parcelamento em cartão de crédito

0
Cerca de 60 quilos de drogas foram apreendidos durante a operação no bairro Sapiranga-Coité.
Uma operação realizada nesta terça-feira (2) por policiais civis de três delegacias de Fortaleza resultou na prisão de um traficante de drogas que, junto com três irmãos, comandava a venda de drogas em uma comunidade da zona Sul da Capital. De acordo com as investigações, os bandidos vinham ampliando o “negócio” e aceitavam dos seus “clientes” até pagamentos parcelados em cartões de crédito.
A prisão de Gustavo Assunção Rodrigues, 34 anos, foi realizada quando os policiais civis do 13º DP (Cidade dos Funcionários), 19º DP (Conjunto Esperança) e do 26º DP (Edson Queiroz) cercaram a comunidade da Piçarreira, no bairro Sapiranga-Coité, com o objetivo de desmantelar a quadrilha ligada a uma facção criminosa que atua na cidade.
Os policiais tinham em mãos, mandados de busca e apreensão e também de prisão para quatro irmãos apontados como os responsáveis pelo tráfico de drogas na região. Numa das casas cercadas pela Polícia estava o chefe do clã do crime. Gustavo Assunção Rodrigues. Os irmãos não estavam no bairro, mas continuam sendo procurados.
Venda a prazo
A Polícia confirmou que os traficantes aceitavam pagamento da venda de drogas via castão de crédito. Até as maquinas de leitura dos cartões estavam na casa do traficante. Cerca de 60 quilos de maconha, 450 gramas de crack, além de 200 gramas de um pó químico não identificado foram apreendidos na casa do traficante e em outros endereços revistados pelos inspetores das três distritais.
Também foram apreendidos celulares, material para pesagem e embalagem das drogas e outros objetos, assim como uma pistola de calibre 380 e munições de calibres diversos.
A operação foi comandada pelo Departamento de Polícia da Capital.
Fonte: Fernando Ribeiro
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.