Bolsonaro diz que Haddad é fantoche de Lula

0

Em entrevista à TV Record, na noite dessa quinta-feira (4), o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, disse que Fernando Haddad, do PT, é fantoche de Lula. Segundo institutos de pesquisas de intenções de voto, Bolsonaro e Haddad polarizam as eleições deste ano.

Sobre a agressão sofrida por meio de Adélio Bispo, Bolsonato afirmou que não quer antecipar fatos, mas não acredita que o agressor agiu sozinho.

Bolsonato negou que seja racista, homofóbico e agressor de mulheres. Disse que embate com a deputada Maria do Rosário foi uma reação, após ser chamado de estuprador.

Com relação às fake news, Bolsonaro alegou que Haddad espalha no Nordeste que a sua candidatura sugere acabar com o Bolsa Família. “Eles (petistas) fazem isso toda eleição”, reclamou. O candidato se disse contra às falsas notícias e alegou que não há como controlar milhões de pessoas que postam em redes sociais notícias que destacam sua candidatura, por meio de fake news.

Bolsonaro defendeu o general Mourão, seu vice de chapa, ao afirmar que ele não defendeu o fim do 13º salário. Aproveitaram uma fala mal interpretada do general para desgastar sua candidatura.

O candidato do PSL disse que o combate à corrupção passa pela mão indicação política a cargos no governo.

Bolsonaro afirmou que o ex-ministro Palocci está colaborando com a Justiça e que os depoimentos apontam para uma “tomada de poder” por parte do PT.

O candidato do PSL se diz necessário para o momento. “Querem trazer o socialismo, o comunismo. (…) Será o fim da nossa pátria, se o PT chegar ao poder”, ressaltou Bolsonaro, ao completar que respeitará os números das urnas.

Jair Bolsonaro disse desconfiar das pesquisas de intenções de voto, quando acredita que deverá vencer no primeiro turno.

 

Com Informações Blog do Eliomar Lima

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.