EM ENTREVISTA A RÁDIO, CIRO GOMES ACUSA SENADOR TASSO JEREISSATI DE TER MANDADO ATIRAR EM PMS NO ANO DE 1997.

0

Em entrevista à Rádio Tupinambá, de Sobral, na última sexta-feira(29), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) acusou o senador e ex-governador do Ceará Tasso Jereissati (PSDB) de ter mandado atirar em policiais militares e civis que participavam de greve, em julho de 1997.

Em entrevista, Ciro Gomes fez os mais duros ataques ao senador Tasso Jereissati, afirmando ainda que o tucano “perdeu qualquer espírito público”.

“O Tasso, quando era governador (do Ceará), houve um motim na Polícia Militar, e eu estava junto com o Tasso quando ele mandou atirar nos grevistas. Mandou atirar.

O coronel disse assim: ‘Mas, governador, pode morrer gente’. Que morra! Isso foi filmado lá. Houve tiro, gente foi ferida, o diabo”, afirmou Ciro, ex-pupilo do senador por mais de duas décadas, período no qual foi eleito prefeito de Fortaleza e governador do Ceará com a ajuda de Tasso.

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.