Lava Jato – Caso Cid Gomes vai para a Justiça Eleitoral

0

A Justiça Federal do Ceará se declarou incompetente para julgar acusações feitas por Wesley Batista, ex-diretor da JBS, contra o senador Cid Gomes (PDT) no âmbito da Lava Jato. Apontando proximidade das acusações atingindo o parlamentar e ex-governador com a prática de “caixa dois”, o juiz responsável pela ação determinou no último dia 17 de maio que o caso fosse enviado para a Justiça Eleitoral do Ceará. A decisão, tomada a pedido da defesa do pedetista e juntada no processo na última sexta-feira, é o mais importante desdobramento da Operação no Ceará desde o início das investigações, há mais de cinco anos.

Wesley Batista disse em delação ter negociado a liberação de créditos milionários da Cascavel Couros, empresa do grupo com sede no Ceará, em troca de doações para campanhas do grupo político de Cid entre 2010 e 2014. Na acusação, o Ministério Público Federal (MPF) se manifestou contra a mudança de foro do caso, destacando que a denúncia partiu não só de crimes eleitorais, mas também de delitos comuns como os de associação criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa. A tese do MPF, no entanto, não foi acatada pelo José Flávio Fonseca de Oliveira, juiz substituto da 12ª Vara Federal do Ceará.

“A própria forma que teriam sido repassados esses valores, que envolveria a utilização de doações oficiais em campanhas eleitorais e não somente através de notas frias, permite concluir que, realmente e a princípio, pode-se ter a configuração de “caixa 2″ e crime eleitoral”, diz o juiz, que destaca ainda diferenças entre o caso de Cid e outros incluídos na Lava Jato, como o contra o ex-presidente Michel Temer (MDB): “Naquele caso há forte indício de utilização dos recursos não para questões eleitorais, mas para incorporação ao patrimônio próprio ou alheio do ex-presidente e dos coautores. Neste caso há razão forte para não divisar (enxergar) essa mesma direção”, afirma.

 

*Da Coluna Política, do O POVO, assinada pelo jornalista Carlos Mazza.

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.