Vereador Marcos Coelho tem requerimento de monção de repúdio à prefeita de Granja desaprovado; Vereadores de situação apoiam proposta; Confira

0

Na ultima sessão da Câmara de Vereadores de Camocim, realizada no dia 21 de dezembro, o vereador Marcos Coelho (PSDB) teve um requerimento votado no plenário Murilo Aguiar que chamou a atenção pelo assunto pautado.

No texto, o edi requeria uma Moção de Repúdio para a prefeita de Granja Amanda Menezes (PDT). Segundo o autor a moção era motivada devido a briga que aconteceu no jogo entre Camocim e Martinópole, pela 4ª zonal da Taça TV Diário, onde houve confusão entre as equipes, em seguida houve tumulto e a segurança chegou ao local, quase meia hora após a confusão. Confira (AQUI).

Após a abertura das discussões e defesa do requerimento pelo autor do requerimento, vários vereadores não concordaram com a preposição, muitos afirmaram que não passava de “birra” pessoal e que o vereador estava tentado simplesmente um fazer do requerimento um ataque pessoal ao procurador do município Dr. Romeu Aldigueri.

O requerimento foi desaprovado, mas o vereador Marcos contou com o apoio dos vereadores mais próximos a prefeita Monica Aguiar (PDT). Somente votaram junto com Marcos os vereadores Cesar Veras, Nilson, Lucia, Iracilda ambos do PDT.

Votaram contra todos os demais, menos o presidente que somente vota em caso de empate. O assunto nas redes sociais ganhou destaque e teve que opinasse que o vereador Marcos apresentasse mais requerimento visando a cidade de Camocim e deixasse sua rivalidade pessoal com o procurador de Granja em segundo plano e fora dos trabalhos legislativos.

O requerimento foi apresentado e discutido pelos vereadores. Confira abaixo o posicionamento dos edis:

O vereador Marcos Coelho fez o requerimento solicitando a moção de repúdio à prefeita de Granja, devido a ausência de segurança durante um evento ocorrido na cidade.

“Quanto ao requerimento Nº 412/2017, ele trata de uma monção de repúdio a prefeita de Granja, Amanda do Romeu, em virtude da absoluta falta de estrutura de segurança durante a importante realização do 4º zonal da Taça TV Diário de Futsal”, disse Marcos em discussão sobre o requerimento.

O vereador Juliano Cruz (PSD) disse na discussão do requerimento que não pode concordar, por que a prefeita de Granja não incentivou a confusão, quem fez foi as pessoas que foram para avacalhar.

“Não posso concordar com esse requerimento do Marcos Coelho, sou totalmente contrário. Aonde que a prefeita incentivou essa confusão? A confusão são de pessoas que vão para avacalhar, que não vão para participar do esporte. Então não posso concordar com esse requerimento e oriento o restante da bancada serem contrários à essa proposta do vereador Marcos Coelho”, disse Juliano.

O edil Dr. Ismael afirmou que a responsabilidade de manter a segurança é da Federação Cearense de Futebol de Salão e da TV Diário, pois não deveria iniciar uma partida sem a presença de policiais.

“Eu acho que a responsabilidade é da Federação e da TV Diário, pois não deveria começar o jogo na ausência de policiais.”, completou Ismael.

O vereador Ricardo Vasconcelos (PSD) também discutiu o requerimento e disse que se abstem do voto por entender que ele é vereador de Camocim e que as coisas de Granja não competem a ele.

No requerimento Nº 412/2017, eu vou me abster do voto, eu não voto nem a favor, nem contrário. Por entender que eu tenho que olhar para o município de Camocim e ao município de Granja. 

Após a discussão de alguns vereadores, o edil Ricardo voltou atrás e votou contra o requerimento de Nº 412/2017.

O vereador James do Peixe (PCdoB) disse que da mesma maneira que feito com o governador do Estado, ele também fará com a prefeita de Granja.

Do mesmo jeito que foi feito, quando o vereador Marcos Coelho fez o requerimento da moção contra o governador, do mesmo jeito eu vou fazer com a prefeita de Granja. Eu não vou votar a favor dele. Vou votar contrário.”

O vereador Julio Cesar Sotero (PSD) também votou contrário ao requerimento apresentado por Marcos Coelho e disse que o edil deveria se preocupar com as coisas de Camocim e deixasse que os vereadores de oposição de Granja, manifestassem sua insatisfação. 

“Gostaria de votar contrário ao requerimento apresentado pelo vereador Marcos Coelho de Nº 412/2017, que pede a moção de repúdio à Sra. prefeita de Granja, Amanda do Romeu. Eu acho que deveríamos nos preocupar com o município (Camocim), apresentar requerimentos, ver o que está errado para poder consertar e não com a cidade vizinha, pois lá que deve se preocupar, são os vereadores de lá, os vereadores de oposição à prefeita.”, disse Julio Cesar.

 

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.