Prefeitura de Camocim emite comunicado sobre os precatórios do FUNDEF

0

A prefeitura de Camocim emitiu nesta quarta-feira, 22, um comunicado oficial sobre os preatórios do Fundo  de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF) destinado aos professores da rede pública municipal de ensino e à manutenção da Educação.

Segue abaixo o comunicado:

Prezados Camocinenses,

A PREFEITA MUNICIPAL DE CAMOCIM vem COMUNICAR o posicionamento da Administração Pública Municipal sobre o pagamento do Precatório do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF).
Em 2004, durante a gestão do ex-prefeito Sérgio de Araújo Lima Aguiar, o Município de Camocim moveu ação judicial contra a União Federal, sob o processo n° 0021949-15.2004.05.8100, objetivando condenar a União a repassar a diferença paga a menor decorrente do Valor Mínimo Nacional por Aluno (VMNA) referente aos recursos do FUNDEF, por conta da estimação abaixo da média nacional pelo período de 1999 a 2003.

O Município de Camocim obteve provimento favorável para condenar a União à complementação dos valores do FUNDEF repassados ao Município durante o período de 1999 a 2003, inclusive com transito em julgado.

Em consequência, a Justiça Federal determinou a expedição de precatório em favor da municipalidade (Precatório n° PCR 138658-CE), expedido em 28/06/2015, com previsão inicial de pagamento para o dia 12/12/2016.

O Sindicato APEOC, que não era parte e jamais integrou a ação originária ajuizada pelo Município no ano de 2004 (processo n° 0021949-15.2004.05.8100), protocolou na Justiça Federal, em 08/07/2016, Ação Civil Pública em face Município, processo sob o n° 0800418-05.2016.4.05.8103, distribuído para a 18ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado do Ceará, por meio da qual pleiteou o bloqueio de 60% dos valores devidos à municipalidade no Precatório do FUNDEF n° PCR 138658-CE, obtendo provimento liminar em sede de tutela antecipada.

Em 20.11.2017, o Juiz Federal da 18ª Vara da Seção Judiciária do Estado do Ceará proferiu sentença nos autos do processo n° 0800418-05.2016.4.05.8103, por meio da qual julgou improcedente todos os pedidos formulados pelo Sindicato APEOC na referida ação, determinando que a aplicação do percentual de 60% do precatório do FUNDEF não é vinculada ao pagamento dos profissionais do magistério, cabendo ao gestor público a decisão discricionária sobre a aplicação dos recursos, desde que vinculada às finalidades da manutenção e desenvolvimento do ensino.

Determinou o Juiz Federal que os recursos decorrentes do Precatório do FUNDEF devem ser aplicados na educação, não havendo obrigação de pagamento destas quantias para os profissionais do magistério.

A decisão do Juiz Federal foi proferida na mesma linha de entendimento manifestada em decisões anteriores do Supremo Tribunal Federal, do Tribunal de Contas da União (Acórdão n° 1824/2017-TCU – Plenário com redação dada pelo Acórdão n° 1962/2017-TCU Plenário) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Ofício-Circular FNDE – TCU n° 3/2017/Cgfse/Digef-FNDE), disponíveis para consulta nos sites oficiais das instituições citadas.

Esclareço à população de Camocim, portanto, que sempre pautei minha conduta com total respeito às instituições e a legislação vigente.
Sendo assim, venho informar a população de Camocim que os recursos do Precatório do FUNDEF serão aplicados na educação, em consonância com o entendimento da Justiça Brasileira, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e do Tribunal de Contas da União.

Informo à população que a atual gestão municipal sempre valorizou a educação como política pública prioritária ao desenvolvimento do Município, com investimentos no pagamento do piso nacional dos professores, na formação continuada, na aquisição e distribuição de kits escolares, na implantação de salas tecnológicas com lousa digital e tabletes, na construção de centros de educação infantil, na melhoria do acesso às escolas localizadas na zona rural, na reforma e ampliação de escolas e quadras, dentre outras.
As ações da gestão municipal na área educação fizeram com que o Município obtivesse reconhecimento estadual, através do PRÊMIO ESCOLA NOTA 10.

Diante do exposto, venho reiterar o meu compromisso com a manutenção e ampliação das políticas educacionais, visando ofertar um ensino de qualidade, valorizando também os profissionais do magistério, sempre no intuito de atender a principal finalidade da Administração Pública, que é a busca incessante pelo bem da coletividade.

Camocim, 21 de novembro de 2017.

Monica Gomes Aguiar
PREFEITA MUNICIPAL DE CAMOCIM

O Portal de Camocim tentou contato com o Sindicato APEOC da cidade, mas ainda não obtivemos retorno. 

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.