“Se ela tivesse ficado em Camocim, estaria morta”, disse o esposo da gestante atendida em Granja

0
O esposo da Dayane Ferreira – gestante camocinense que foi atendida na UPA 24 de Granja – gravou um vídeo hoje pela manhã relatando o drama que eles viveram com a falta de atendimento no sistema de saúde de Camocim. 
Após o apelo da gestante, que viralizou nas redes sociais, o Município de Granja enviou uma UTI Móvel para prestar o devido e urgente socorro.
Confira o vídeo, postado na página do vereador Erasmo Gomes.

Vereador Erasmo Gomes tem acompanhado o caso e prestado apoio a família.

 

Revista Camocim
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.