“Só porque eu sou pobre, se eu fosse rica eles tinham me operado”, diz paciente que fraturou o braço e não recebeu atendimento no Hospital de Camocim

0
“Mandaram eu vim embora hoje e não fizeram nada no meu braço”, relatou  a senhora Maria de Lourdes que fraturou o braço e passou cinco dias no Hospital Deputado Murilo Aguiar sentindo fortes dores. Ela conta ainda que o  hospital  se recusou a fazer o  procedimento cirúrgico alegando falta de material.  “Só porque eu sou pobre, se eu fosse rica eles tinham me operado”, lamentou a paciente de 57 anos.
O hospital tentou transferir a paciente para Santa Casa de Misericórdia de Sobral, mas teve o pedido de  reserva de leito negado, com a seguinte justificativa: “O hospital de Camocim tem média complexidade assim como a Santa Casa. Ou seja: o hospital Deputado Murilo Aguiar recebe verbas para realizar esse tipo de procedimento médico.

Entenda

O Hospital Deputado Murilo Aguiar é polo, ou seja, recebe mais de R$ 1 milhão de reais do Governo Estadual e Federal para atender os municípios vizinhos em especialidades que deveriam ter lá, mas infelizmente não tem.  Falta diversos médicos especialistas que deveriam estar lá atendendo o povo.

 

Revista Camocim
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.