UFC é condenada a pagar indenização a policial impedida de assistir à aula fardada e armada

0

A Universidade Federal do Ceará (UFC) foi condenada a pagar indenização de aproximadamente R$ 16 mil à policial militar impedida de assistir à aula no curso de Letras por estar armada e vestida com a farda de trabalho. O caso aconteceu em 2014 e repercutiu nas redes sociais. Cabe recurso à decisão.

A estudante Emanuele Alves ganhou, em primeira instância, uma ação de reparação de dano contra a UFC. O advogado da Associação dos Profissionais de Segurança (APS), Cícero Roberto, responsável pela defesa da policial, ressaltou que a ação “é um passo importante rumo à criação de uma cultura de valorização e respeito aos profissionais de segurança”.

O episódio contra Emanuele aconteceu em setembro de 2014, quando a jovem foi hostilizada no campus do Benfica porque estava fardada e armada dentro de sala de aula. Em nota, a APS afirma que a policial havia saído do trabalho direto para a universidade e, por isso, não teve tempo para trocar de roupa em sua casa.

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.