ONU tira maconha da lista de drogas perigosas; Brasil é contra

0

Em uma decisão polêmica, a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma recomendação para reclassificar a maconha e retirar o entorpecente da lista de narcóticos mais perigosos, como a heroína, por exemplo. O Brasil votou contra a proposta junto de países como a China, Egito, Rússia e Turquia.

A medida foi fruto de uma proposta da Organização Mundial da Saúde (OMS) apresentada em 2019. A votação, que aconteceu nesta quarta-feira (2), contou com 27 países a favor da reclassificação e 25 contrários. Houve ainda uma abstenção. A decisão foi feita pela Comissão de Narcóticos da ONU, que é composta por 53 países.

Na prática, a lista de drogas mais perigosas é o Anexo IV da Convenção sobre Drogas Narcóticas de 1961 e é dessa lista que a maconha foi retirada. Mesmo com a decisão, não existe qualquer implicação direta para uma liberalização da maconha, já que o tratado internacional concede a cada um dos países total soberania para decidir sobre como lida com o tema.

 

Terra Brasil

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.