Polícia civil do RJ intima Bonner e Renata a prestar depoimento

0

Apresentadores terão que comparecer em delegacia na próxima quarta-feira 

A Polícia Civil do Rio de Janeiro intimou os apresentadores do Jornal Nacional, William Bonner e Renata Vasconcellos, a depor pela prática do suposto crime de desobediência a decisão judicial com relação a exibição de reportagens que envolvem a investigação da suposta prática de “rachadinhas” no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). 

A emissora havia sido proibida judicialmente de publicar informações sigilosas sobre o caso, que envolve o atual senador, então deputado estadual, e o ex-assessor dele Fabrício Queiroz. Os depoimentos foram pedidos no contexto de investigação policial sobre suposta “desobediência a decisão judicial sobre perda ou suspensão de direito”. 

Os mandados foram emitidos pelo delegado Pablo Dacosta Sartori na tarde de quarta-feira (2). De acordo com os documentos, ambos foram intimados a comparecer à sede da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no bairro de Benfica, na zona norte do Rio, na próxima quarta-feira (9). Ela, às 14h. Ele, às 14h30. 

Segundo os mandados de intimação, caso os jornalistas deixem de comparecer sem justificativa no local, data e horário estipulados, ambos incorrerão em “crime de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal”. 

 

Pleno News

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.