44 municípios cearenses avançam de fase hoje; confira o que funciona

0
Quase um quarto dos municípios cearenses avança de fase hoje (22) no Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais. Na Capital, as novidades para o período são relativas às aberturas parciais de restaurantes, celebrações religiosas e esportes ao ar livre, além da liberação de 100% do trabalho presencial a atividades das cadeias produtivas da indústria química, de artigos de couros e calçados, metalmecânica, saneamento e reciclagem, energia elétrica e construção civil.
Para 18 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e outros 25 do Interior, que compõem a área de saúde de Fortaleza (classificação do Governo Estadual para estabelecer diretrizes relacionadas ao combate à pandemia no Ceará), será a vez do comércio voltar a abrir as portas com 40% da mão de obra, além do reforço do quadro de cadeias já liberadas para atuar durante a fase de transição.
No anúncio, realizado no sábado (21), através das redes do sociais, o Governo do Estado havia informado, inicialmente, que apenas a RMF avançaria à fase 1 do plano. O decreto nº33.631/2020, publicado no fim da noite daquele dia, incluiu outras cidades.
O secretário Executivo de Orçamento e Planejamento da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Flávio Ataliba, afirmou ontem que prevê que até o fim de julho 100% das atividades econômicas devam estar liberadas para o retorno no Estado. A estimativa do Governo do Estado é que, com a fase 2, cerca de 85% já estejam permitidas a retornar ao trabalho presencial, mesmo que em diferentes fases.
Ataliba ressalta, entretanto, que a liberação não representa um afrouxamento dos protocolos sanitários impostos. “Não significa que liberou geral, os protocolos precisam ser observados e temos que ter um comportamento responsável da população. Já avançamos muito, e talvez estejamos (com a fase 2) com 85% da atividade econômica liberada”, explicou o secretário em transmissão online para tirar dúvidas sobre o plano de retomada estadual.
Antes de abrir as portas, entretanto, o Governo alerta para que as empresas confirmem a situação de liberação no site (www.Ceara.Gov.Br/pesquisa-cnae/) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) com o código de Classificação Nacional das Atividades Econômicas (CNAE).
Informações do Diário do Nordeste.
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.