Camilo anuncia operação tapa-buraco para rodovias estaduais

0

O governador Camilo Santana anunciou investimento de R$ 150 milhões para recuperar as rodovias cearenses que foram danificadas pelas chuvas em 2019. Ao todo, o intitulado Programa Emergencial de Recuperação deverá abranger uma extensão de 1.754 km de estradas, dividida em 64 trechos, com início das obras marcado para depois da quadra chuvosa. As informações foram divulgadas, ontem, 16, pelo governador Camilo Santana, durante transmissão ao vivo nas redes sociais.

De acordo com o chefe do Executivo, o planejamento do programa foi elaborado em parceria com o Departamento Estadual de Rodovias (DER). No estudo, foram avaliadas as condições atuais das estradas que sofreram com as fortes chuvas no Estado, bem como a melhor forma de realização dos reparos necessários para cada uma das vias.

”Muita chuva traz fartura, produção no campo e sorriso para nossas famílias cearenses. Mas também acaba trazendo alguns prejuízos, e um deles são os danos às estradas. Rompimentos, buracos, desgaste. Por isso solicitei que o DER fizesse um relatório das estradas que precisariam de uma intervenção imediata do Estado. Recebi o relatório ontem (segunda-feira), e quero anunciar que estou destinando R$ 150 milhões para, assim que terminarem as chuvas, fazermos uma maratona geral para recuperar as estradas que foram danificadas no Ceará”, explicou o governador.

Entre as estradas a serem recuperadas, o governo cita trechos das CE-040 e CE-453 (Aquiraz), que compreendem 9,21 km; da CE-060, entre Aracoiaba e Baturité, em 8,2 km de extensão; e mais 47 km da Camocim-Chaval. “Todas as rodovias estão especificadas e cada uma terá o seu valor de investimento”, garantiu Camilo.

O governo ainda destaca que alguns dos 64 trechos já possuem contratos em curso para a recuperação funcional de estradas, dentro do Ceará de Ponta a Ponta, Programa de Logística e Estradas do Governo do Ceará. Outros precisarão de processo licitatório.

O POVO solicitou, junto ao DER e a Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), detalhes do relatório mencionado pelo governador, a exemplo de todas as rodovias que passarão por reparo, em quais municípios elas estão, ordem de execução e previsão de conclusão das obras, mas foi informado de que os dados disponíveis foram os divulgados pelo governador.

Conforme levantamento do O POVO, ao menos sete rodovias foram interrompidas ou interditadas, atrapalhando o acesso a municípios e distritos durante as chuvas de 2019. Entre estas, estão a CE-176, em Icaraizinho de Amontada; a CE-178, entre Santana do Acaraú e Sobral; a CE-163, que dá acesso à Praia de Mundaú, no município de Trairi; a CE-253, na altura da Ladeira da Pendenga, em Guaramiranga; a CE-085, que liga Caucaia e São Gonçalo do Amarante. A CE-163 chegou a ruir, deixando o acesso a Mundaú totalmente interrompido. O principal acesso a Icaraizinho de Amontada também ficou interditado, quando trecho da CE-176 cedeu. Em Guaramiranga, um deslizamento na encosta da CE-253 cortou o tráfego no último domingo, 31.

 

Com Informações Blog do Eliomar Lima

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.