Capitã da Polícia Militar se torna a primeira mulher comandante de aeronave da Ciopaer​ no Ceará

0

Com 14 anos de carreira militar, a nova comandante está na Ciopaer desde 2012.

A Capitã da Polícia Militar do Ceará (PMCE), Lívia Marinho, se tornou a primeira mulher comandante de aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) do Estado do Ceará, nesta quinta-feira (19). 

Ela ingressou na carreira militar há 14 anos atrás, ainda em 2006. A Capitã da PMCE conta que, apesar de não conhecer a fundo o trabalho que a esperava, a paixão pela profissão veio logo depois de ingressar na corporação, ainda durante os três anos do Curso de Formação de Oficiais, na Academia de Polícia Militar do Ceará. Em 2009, Lívia Marinho entrou para o Ronda do Quarteirão, onde permaneceu até 2011, e na sequeência ingressou na Ciopaer como piloto aluno. “Quando eu descobri que tinha essa parte de trabalhar pilotando, eu abracei este desafio”, completa. 

Rotina dividida​

Durante a trajetória de piloto aluno para comandante de aeronave, Lívia Marinho esperou oito anos, onde diversas mudanças aconteceram em sua vida, inclusive tornou-se mãe da Pietra, de 5 anos e do Dante, de 4 anos. Além disso também casou-se com o Major da PMCE, Yago Galvão. “E a partir daí a gente tem que se dividir, mãe, esposa, profissional e dar certo. Porque a gente vai administrando com a cooperação do esposo, que também é militar, e entende a rotina. As vezes eu viajo, passou semanas fora, então é ele que segura a barra com as crianças, faz tudo”, conta. 

“Trabalhamos com segurança pública todo dia, o dia todo, então a gente tenta se preservar, porque tem dois ‘pingos de gente’ esperando a gente  voltar pra casa”, destaca a nova comandante de aeronave.

Mulheres na profissão​

Com várias conquistas na carreira, e recebendo muitas mensagens de orgulho e de agradecimento por ser uma inspiração, a primeira comandante mulher da Ciopaer do Ceará, reconhece que sua trajetória pode impulsinar outras mulheres a buscarem espaço e reconhecimento profissional. “Para mim, ser comandante de aeronave, era um sonho muito distante, era como se [meu sonho]estivesse lá em cima e eu aqui, um grãozinho de areia. Então sejam felizes, façam o que queiram fazer, tenham perseverança, estudem que vem a conquista. Porque o mundo está aí, para gente conquistas”.

Diário do Nordeste

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.