Ceará tem 1.665 casos de Covid-19 nos sistemas prisional e socioeducativo

0

O Ceará já contabilizou 1.665 casos confirmados de Covid-19  a doença provocada pelo novo coronavírus nos sistemas prisional e socioeducativo do Estado até o dia 31 de agosto deste ano. As informações constam no boletim semanal divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nesta quarta-feira (2). 

Conforme os dados colhidos pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) e repassados ao CNJ, são 833 casos da infecção em internos do sistema penitenciário e 557 registros de servidores da área contaminados pelo vírus. Até o fim de agosto, houve quatro mortes pela doença – todas de detentos. Ao mesmo tempo, o CNJ aponta que foram realizados 7.210 testes, incluindo os rápidos e os molecurares (RT-PCR).

Já no sistema socioeducativo, 62 adolescentes privados de liberdade testaram positivo para a Covid-19, além de 213 servidores da área, dos quais um veio a óbito. Nos centros, segundo o boletim, foram realizados 191 testes em socioeducandos e 652 em trabalhadores até o fim de agosto.

A fim de monitorar as atividades dos governos com relação à população carcerária e socioeducativa, o CNJ montou Grupos de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Medidas Socioeducativas (GMFs) em cada estado. A cada quinze dias, os colegiados atualizam dados e informações sobre os serviços prestados nas unidades de restrição de liberdade.

 

 

Diário do Nordeste

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.