Cearenses estudam uso de casca de banana em embalagens e no lugar de produtos à base de petróleo

0

Pesquisadores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), do Campus Iguatu, estudaram o reaproveitamento de substâncias das cascas de bananas. Umas das metas é usar em espaços como a indústria de alimentos, como um dos componentes de embalagens ou como potencial substituta de produtos que hoje são à base de petróleo, como polímeros em geral.

O estudo ocorreu a partir de uma substância encontrada na casca de banana, a lignina: esse resíduo é normalmente descartado da fruta, mas foi base dessa pesquisa, coordenada por pesquisadores cearenses do Grupo de Biopolímeros e Materiais Avançados (BioMat) do IFCE de Iguatu, no interior do Estado. 

Diário do Nordeste
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.