Grande números de raios no Ceará preocupa Defesa Civil

0

As chuvas que banham o Ceará trazem esperança para os cearenses, principalmente, àqueles que necessitam de um bom inverno para uma boa colheita e garantir, assim, o sustento da família. As precipitações, contudo, também geram preocupações com a grande quantidade de raios que caem tanto na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), quanto no Interior do Estado. Somente em janeiro deste ano, 3.256 raios atingiram o Ceará, segundo o Sistema de Monitoramento de Descargas Elétricas da Enel Distribuição.

Granja, na região noroeste do Estado e distante 329 km de Fortaleza, é o Município em que se registrou a maior incidência de raios do mês (207), seguido de Crateús (111) e Bela Cruz (102). De acordo com o coordenador estadual da Defesa Civil do Ceará, coronel Cleyton Bezerra, em 2017, mais de 50 milhões de raios, segundo estimativas do órgão, caíram no País. No Ceará, 72.838 descargas atmosféricas foram registrados no mesmo período.

Para o coordenador estadual, os trovões e relâmpagos, que chegam com os raios, são um aviso para que a população tome algumas prevenções, pois, segundo ele, um raio pode cair sim duas vezes no mesmo lugar. “É realmente um motivo (as descargas elétricas) para termos cuidado, pois a queda de raios pode matar e vem matando no Brasil”, disse o coronel Bezerra, em entrevista ao Jornal Alerta Geral(Rádio FM 103.4 – Expresso Grande Fortaleza + 22 emissoras no Interior) desta segunda-feira, 26.

O coronel ressalta que não é necessário se apavorar com as chuvas acompanhadas de descargas elétricas, mas é bom tomar precauções, como evitar locais abertos, como praias e campos, em dias de tempestade com raios. “No Ceará, é muito comum as pessoas saírem para tomar banho de chuvas na rua, o que é realmente agradável. Agora, se for aquela chuva em que se tiver uma grande incidência de raios, é melhor se evitar”, explica.

O coordenador estadual lembra ainda que os cuidados da população não devem se restringir apenas aos momentos em que se estar fora das residências. “A Defesa Civil orienta a população que, na época de raios, mesmo dentro de casa, tenha cuidado, porque o raio nada mais é do uma descarga elétrica. Então, muito cuidado com os aparelhos elétricos ligados na tomada. Telefones com fio e celulares carregando não devem ser usados durante chuvas com presença de raios”, reitera.

O coronel Bezerra ainda destaca que a Defesa Civil do Ceará tem dado atenção às regiões Norte e Metropolitana de Fortaleza, onde, de acordo com o coordenador estadual, a incidência de raios é mais frequente. “Essas regiões, desde o ano passado, são as mais atingidas (por descargas elétricas) no Ceará”, disse.

Alargamentos e desabamentos

O coordenador estadual da Defesa Civil no Ceará afirmou, por fim, que o órgão está preparado, desde o ano passado, para o período de chuvas que estamos passando, mesmo antes da previsão de chuvas acima da média histórica da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). “Alguns meses atrás, nós direcionamos ofícios a todos os 184 municípios do Estado, recomendando que as prefeituras se preparassem para a quadra chuvosa”, pontuou.

Fonte: Impacto Granja

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.