Justiça Federal absolve Cid Gomes de denúncia de fraude em empréstimo no Banco do Nordeste

0

A Justiça Federal absolveu o ex-governador do Ceará, Cid Ferreira Gomes, e outros dez réus em um processo que investigava uma possível irregularidade na aquisição de um empréstimo de de R$ 1,3 milhão concedido pelo Banco do Nordeste (BNB) em 2014. A decisão foi tomada na quarta-feira, 24, pelo juiz Sérgio de Norões Milfont Júnior, da Justiça Federal em Sobral.

O ex-governador conseguiu em agosto de 2014 empréstimo de R$ 1.335.700 para construir galpões para locação em Sobral. Segundo denúncia do Ministério Público Federal, o ex-governador usou a sua empresa Oito Gestão e Empreendimentos Ltda para obter o dinheiro. Além de Cid, também foram denunciados funcionários do BNB.

Ao analisar o caso, o juiz federal afirmou que o empréstimo foi conseguido mediante hipoteca de um imóvel com valor de mercado de R$ 3,8 milhões. Com isso, conforme o juiz, não houve risco de prejuízo ao banco nessa operação.

“Importa ainda mencionar que o empréstimo destinou-se à construção de benfeitorias no interior do próprio imóvel, o que elevou sobremaneira o seu valor e, consequentemente, a garantia”, afirmou o juiz.

“Se torna impossível a prática do crime de gestão temerária quando o empréstimo encontra-se integralmente garantido por bem com valor bastante superior ao montante total do mútuo”, sustentou.

O Ministério Público Federal (MPF) comunicou que irá aguardar a notificação oficial da Justiça Federal sobre a decisão. Após o recebimento, o procurador da República José Milton Nogueira Júnior vai analisar se entra ou não com recurso.

Com informações do G1 

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.