No Ceará, 58 pessoas já foram presas por furto de energia

0

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta quarta-feira:

Somente de janeiro a outubro deste ano, 58 pessoas foram presas em flagrante por furto de energia no Ceará. Este número é equivalente ao quantitativo de prisões registradas durante todo o ano de 2017, através das operações de combate ao furto de energia deflagradas pela Enel Distribuição.

Atuando em conjunto com a Polícia Civil, a distribuidora realiza um trabalho de investigação em todo o Estado feito internamente por meio da análise de dados e, em campo, com o apoio de 200 equipes. Foram mais de 225 mil inspeções executadas nos 185 municípios. As cidades com maior número de prisões são Fortaleza (oito), Mombaça e Tianguá (cinco) e São Gonçalo do Amarante (quatro).

O consumidor pode denunciar. Basta ligar de qualquer município, gratuitamente, para a Central de Relacionamento 0800 285 0196 ou pelo aplicativo Enel Ceará (www.eneldistribuicao.com.br).

A Enel só não adiantou valor do prejuízo que, pelo visto, acaba sobrando na conta de alguém que está agindo corretamente.

 

O POVO

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.