Petrobras estuda novos poços e pode retomar exploração no Ceará

0
A Petrobras poderia voltar a investir em poços para exploração de petróleo no Ceará. A informação, que vai na contramão do plano de desinvestimento da estatal – cujo objetivo é gerar entre 20 e 30 bilhões de dólares -, foi dada pelo diretor de Relações Institucionais da estatal, Roberto Ardenghy, nessa segunda-feira (14). Contudo, segundo avaliação do consultor na área de petróleo e gás, Bruno Iughetti, a movimentação não seria favorável para a companhia, uma vez que os poços de petróleo no Estado não teriam um potencial vantajoso para negócios.
Em entrevista ao Estadão/Broadcast, o diretor comentou que a estatal poderia fazer novos investimentos no Nordeste, citando Ceará, Maranhão e Rio Grande do Norte, caso sejam encontrados novos poços com grande potencial de extração. Segundo ele, a empresa vem fazendo estudos nas bacias nesses estados e ainda aguarda os resultados.
“Se a gente conseguir confirmar as expectativas nas bacias do Potiguar, Ceará-Maranhão, na margem equatorial, onde a Petrobras faz trabalhos geológicos, a gente vai voltar. Não temos nenhum problema. No Brasil, 94% das bacias ainda têm que ser avaliadas para a ocorrência de petróleo. Então, há uma grande oportunidade”, disse Ardenghy.
Reflexo desse plano de desinvestimento da Petrobras, os poços de petróleo na Fazenda Belém e Icapuí terão o início de uma nova fase de exploração ainda no primeiro semestre de 2021, pela nova proprietária da área, a 3R Petroleum. A produção diária no local é de cerca de 803 barris segundo dados da Petrobras.
Diário do Nordeste
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.