Taxa de mortalidade no Ceará aumenta 67% em uma semana

0

O Ceará foi de 22,3 óbitos a cada 100 mil habitantes para 37,3, de acordo com informações do Boletim Epidemiológico da Covid-19.

Em uma semana, a taxa de mortalidade do Ceará passou de 22,3 para 37,3 óbitos a cada 100 mil habitantes, de acordo com as informações do Boletim Epidemiológico da Covid-19, divulgado na noite desta quarta-feira (3) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). O informe contempla a Semana Epidemiológica 23, que vai do dia 31 de maio a 6 de junho. 

O salto na taxa equivale a um aumento de aproximadamente 67%. O incremento na mortalidade foi maior nas Áreas Descentralizadas de Saúde (ADS) de Camocim, Acaraú e Sobral, que tiveram aumento percentual de 89%, 79,4% e 75,0%, respectivamente.  

No último sábado (30), os resultados de 22.350 testes foram acrescentados ao balanço local do coronavírus, que resultaram em uma elevação repentina no total de mortes e de casos confirmados. 

Dos 184 municípios do Estado, 138 registram óbitospela doença. Ainda conforme boletim, em maio, o Ceará teve uma média de 74,9 mortes por Covid-19 a cada dia. 

Já a taxa de ocupação de leitos de enfermarias caiu de 85,5% para 68,2%. No entanto, a taxa de ocupação de leitos de UTI no Estado permanece em 93%, sendo maior o índice na Região Norte, que tem 108% das UTIs ocupadas.

 

 

DN

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.