Granja: Segue em estado grave garçom atropelado pela BPRE

0

Segue em estado grave na Unidade Semi-Intensiva da Santa Casa de Sobral, o garçom Antônio Benício da Cruz (35). Segundo a tia do rapaz, que o cria como filho, “ele deu entrada, já em coma, nesse domingo, dia 24 à noite. 

E a última avaliação feita nessa segunda feira (25) informou que o estado dele continua é grave. É um absurdo tudo isso que aconteceu”, reclama a dona de casa Gorete Vasconcelos (57), que tem acompanhado o rapaz.

Segundo relato de testemunhas, repassado à tia de Antônio, o rapaz,  que trabalha em uma pousada em Jijoca, voltava para casa, na comunidade de Córrego da Raiz, no distrito de Parazinho, em Granja, pela CE-085, quando foi interceptado, em movimento, por uma viatura do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual, que seguia em sentido contrário. 

O motorista não possui habilitação, e não atendeu a ordem de parada, mesmo estando a documentação da motocicleta, que ele guiava regular, segundo familiares.

Ainda segundo relatos, houve tiros partindo da viatura da PRE, até que o motociclista desceu por uma estrada carroçável, perdeu o controle da motocicleta e caiu, sendo atropelado pelo carro da Polícia Rodoviária. 

Pressionado por Dona Gorete Vasconcelos, ainda no local do acidente, a dar alguma explicação sobre a ação, “um dos policiais disse que a perseguição ocorreu, porque meu sobrinho estava com uma mochila nas costas, e passou a ser suspeito. Ele não parou por medo de perder a moto. Eles mexeram em tudo, e só encontraram o uniforme dele”, disse a tia do jovem, que foi socorrido por moradores às margens da CE, que intervieram e socorreram o rapaz. 

Ele foi levado para a UPA de Granja e depois transferido para Sobral, com traumatismo craniano, pulmão perfurado, costelas quebradas e teve a perna decepada; tinha no laudo médico”, lamenta Dona Gorete Vasconcelos.

 “Estamos aguardando um último laudo com a situação de saúde do meu sobrinho para dar entrada no Boletim de Ocorrência, na Delegacia Civil de Granja, ainda nesta segunda (26). A moto dele está apreendida”, informou a dona de casa. Em resposta à equipe de reportagem do Diário do Nordeste, o militar Cardoso, da assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), informou que iria se inteirar do assunto, que ainda não havia chegado à assessoria. Após análise de e-mail enviado pela equipe do DN com a demanda por resposta ao caso, a posição da instituição seria tornada pública via nota.

Com informações do DN

5/5 (1)

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.