Motorista de van escolar é preso suspeito de estuprar menina de 5 anos no veículo na Grande Fortaleza; ‘ofereceu pirulitos’, disse a garota

0

Na delegacia, acompanhada da mãe, a menina disse aos policiais que o suspeito ofereceu pirulitos a ela para tirar a roupa. Policiais localizaram criança chorando na janela do veículo.

Um motorista de transporte escolar foi preso suspeito de estuprar uma criança de 5 anos dentro da van na noite desta quarta-feira (28), no Bairro Cágado, em Maracanaú, Região Metropolitana de Fortaleza. O suspeito foi flagrado pela polícia com a criança dentro do carro, que é usado para transportar dos estudantes. Na delegacia, acompanhada da mãe, a menina disse aos policiais que o suspeito ofereceu pirulitos a ela.

De acordo com a Polícia Militar, o motorista da van estacionou o veículo em um terreno escuro e de mato alto. Os policiais suspeitaram e se aproximar para fazer a abordagem. Ao chegar no local, os agentes viram a criança na janela do veículo chorando bastante.

A polícia deu voz de prisão e capturou o motorista. Os policiais contaram que, quando a porta foi aberta, a garota saiu correndo para os braços do policial e contou o tinha acontecido.

Em depoimento, a criança relatou que o suspeito ofereceu pirulitos para ela tirar a roupa e deixar ele tocar suas partes íntimas. A vítima ainda resistiu, mas o suspeito tirou a roupa e cometeu o crime. A garota relatou ainda que o motorista já tinha tentado o estupro no ano passado.

Suspeito era “amigo” da família

O delegado Josafá Carneiro Filho, do 20º Distrito Policial, informou que o motorista era considerado um “amigo da família” e que frequentava a casa da vítima. A garota foi levada para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi submetida a um exame de corpo delito.

O suspeito foi indiciado por estupro de vulnerável e foi transferido para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), em Fortaleza, para evitar que ele fosse agredido por outros presos na delegacia. A polícia vai ouvir outros pais que tinham contrato com o suspeito com o objetivo de identificar se há outras vítimas.

Com Informações G1 

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.