Prefeitura de Sobral dá início ao projeto Ocupa Sobral

0

Com o objetivo de construir um plano de ações para a prevenção da violência no município, o prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), reuniu-se com seu secretariado para conhecer as propostas das secretarias municipais para o programa #OcupaSobral, que será realizado intersetorialmente com o Pacto por um Ceará Pacífico, do Governo do Estado, e irá atender inicialmente os bairros Dr. José Euclides, Vila União e Nova Caiçara.

“A prevenção à violência é uma das prioridades da minha gestão e todos nós somos responsáveis. Por meio do #OcupaSobral, cada secretaria criou um pacote de estratégias e ações que serão executadas paulatinamente em todos os bairros e distritos da cidade. Nosso objetivo, por meio desse programa, é convidar a população, sobretudo as juventudes, a ocupar os espaços públicos de Sobral e, ao mesmo tempo, criar uma política municipal de atenção integral aos adolescentes, pois estes são os mais vulneráveis à entrada no mundo da criminalidade”, explicou o prefeito Ivo Gomes.

Propostas

Dentre as propostas apresentadas pelas secretarias, esses três bairros receberão, a partir dos próximos meses, diversas intervenções urbanas, como ações de pavimentação, iluminação branca, padronização das calçadas, arborização, construção de uma linha de cuidado para atendimento as vitimas de violência, inclusão de competências socioemocionais no currículo escolar, levantamento e projetos de ocupação nos jardins urbanos, regularização fundiária e ocupação dos equipamentos municipais (quadras e parques).

Dados

O município de Sobral conta com uma das mais bem aparelhadas guardas civis do Brasil, estruturada com moto patrulhamento, rondas nas escolas e Central de Comunicação de longa distância. O Secretário de Segurança e Cidadania de Sobral, Pedro Aurélio Ferreira Aragão, afirma que Sobral possui 11 câmeras de videomonitoramento 24 horas por dia com sistema digital, com diversas câmeras de vigilância espalhadas em locais estratégicos da cidade, onde são ligadas diretamente a uma central de operações da Guarda Municipal e CIOPS (Célula Integrada de Operações Públicas de Segurança) e 11 agentes de trânsito para ordenar o fluxo de veículos, tornando a cidade mais segura.

Há ainda a Guarda Mirim, um projeto social da Prefeitura de Sobral, que visa a formação moral e cívica dos jovens de 14 a 18 anos com destaque aos jovens de família com menor poder aquisitivo. Mesmo assim há uma grande carência de segurança nos distritos de Sobral, sendo um exemplo, que nos distritos de Aprazível, São José do Torto e Rafael Arruda, há apenas uma dupla da Policia Militar, equipada apenas com uma viatura, para atender todas ocorrências, nesses três distritos, mesmo sendo um pouco distante de cada um.

 

Informações do O Estado

5/5 (2)

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO