Semace interdita Alchymist Beach Club em Jericoacoara

0

Após multa de R$ 500 mil aplicada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o Parque Nacional de Jericoacoara, devido a construção de uma piscina, o restaurante Alchymist Beach Club teria sido interditado na sexta-feira, 24, por técnicos da Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). O espaço foi fechado e obrigado a despachar clientes e dispensar funcionários.

Foto: O Acaraú

Considerado um dos maiores empreendimentos da praia de Jericoacoara, a interdição afeta ainda bugueiros, camioneteiros e agentes de viagens que vendem todos os dias vários pacotes de turismo para visitar o lugar que virou referência nacional e internacional situado na Lagoa do Paraíso.

Os moradores que dependem diretamente e/ou indiretamente das atividades do local, questionam a ação da ICMBio. Segundo eles, o embargo atende a outros  interesses, além de prejudicar a economia local de forma severa.

Foto: O Acaraú

Para a população, a cidade é hoteleira e sobrevive do turismo que recebe milhares de visitantes durante todo o ano. Embora a lagoa esteja quase seca, fechar as portas e deixar dezenas de pessoas desempregadas não parece um bom negócio para os nativos de Jijoca de Jericoacoara.

O italiano Giorgio Bonelli, proprietário do Alchymist Beach Club e dono do Bonelli Group Alchymist, já recorreu da multa aplicada pelo ICMBio e cogita fechar o empreendimento na Lagoa de Jijoca, gerando 250 desempregados diretos e cerca de 500 indiretos.

Fonte: O Acaraú

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.