Ceará é o 5º Estado que mais reduziu abandono escolar em 10 anos

0

Necessidade de trabalhar, mesmo ainda estando em idade escolar, histórico de reprovações e falta de atratividade nas ações da escola. Gargalos históricos que fazem crianças e adolescentes pararem de estudar. Em 2019, do total de matrículas nas redes pública e privada do Ensino Fundamental no Ceará, 0,7%, ou seja, 8.245 estudantes, deixaram a escola.

No Ensino Médio, a taxa de abandono foi de 3,5%, cerca de 12.265 estudantes. Em 10 anos, o Ceará vem reduzindo esse índice. Entre 2010 e 2019, foi o 4º Estado que mais recuou na taxa de abandono no Fundamental (75% de queda) e o 5º no Médio (66% de redução). Mas, a pandemia pode afetar os bons resultados.

Portanto, executar agora estratégias como a busca ativa, com monitoramento por telefone e até visitas presenciais, são meios para evitar que o problema crônico volte a se agravar em 2020.

A taxa de abandono escolar de 2019 foi divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na última semana. Em 2019, o Ceará teve cerca de 1,1 milhão de matrículas no Ensino Fundamental das redes públicas e privadas, sejam elas municipais, estaduais ou federais.

No Ensino Médio, aproximadamente 360 mil alunos foram matriculados. No Fundamental, a cada 150 matrículas, cerca de um aluno deixou a escola. No Médio, a cada 100 matriculados, três abandonaram. Em 2019, o maior gargalo foi o 1º ano do Ensino Médio, cuja taxa de abandono chegou a 5% das matrículas.

Em 10 anos, no Ceará, a taxa de abandono passou de 2,9% para 0,7% na etapa fundamental. Goiás, Alagoas e Pernambuco tiveram um desempenho melhor que o Ceará no recuo. Já no Médio, cujos índices no Brasil historicamente são mais elevados, saiu de 10,6% em 2010 para 3,5% em 2019.

Pernambuco, Goiás, Espírito Santo e Maranhão tiveram quedas mais expressivas. O temor é que, em 2020, os dilemas trazidos pela interrupção das aulas presenciais possam agravar o quadro que, embora venha em queda no Estado, continua sendo de alerta.

 

Informações do Diário do Nordeste

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.