Primeira mulher aspirante fuzileiro naval do Brasil

0
O ano de 2014 marcou a história das Forças Armadas do Brasil. Pela primeira vez, mulheres foram aceitas para ingressar na prestigiada Escola Naval (EN) – instituição de ensino superior da Marinha do Brasil (MB), de ingresso dificílimo, onde há centenas de candidatos por vaga.
Foram 12 vagas designadas exclusivamente para mulheres e apenas para o Corpo de Intendência. Aquelas pioneiras se graduaram em dezembro de 2017, passando a ser as primeiras guardas-marinha na história do Brasil. 
Mas foi apenas em 2021 que as aspirantes da EN puderam ingressar nos outros dois corpos da MB: Armada e Fuzileiros Navais (FN). Seis aspirantes femininas se qualificaram para o corpo da Armada; duas escolheram ser FN, mas apenas uma conseguiu ingressar neste quadro. O nome dela é Helena de Souza Monteiro, a primeira mulher aspirante fuzileiro naval no Brasil.
Lá vou eu: Helena “abriu a porta”: Que outras mulheres, de Camocim e região, por exemplo, busquem realizar esse sonho. Tudo é possível com o primeiro passo. 
Camocim Online
Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.