Governo estuda prorrogar auxílio emergencial até dezembro; valor pode ser reduzido

0

Nesta segunda-feira (3), a Caixa Econômica Federal aprovou a inclusão de 805 mil novos beneficiários.

O auxílio emergencial, destinado a trabalhadores informais, desempregados e beneficiários do Bolsa Família, pode ser prorrogado até o fim do ano. De acordo com as informações apuradas pelo Estadão, com integrantes da equipe econômica, a ideia é que o benefício seja estendido até o mês de dezembro, mas o valor para os quatro próximos meses deve ser menor do que os R$ 600, pagos atualmente.  Ainda não há uma decisão, mas uma das opções seria reduzir o pagamento para R$ 200 reais. 

Nesta segunda-feira (3), a Caixa Econômica Federal aprovou a inclusão de 805 mil novos beneficiários. Além dessas pessoas, outras 345 mil tiveram o cadastro validado para receber as parcelas 3 e 4 do auxílio.

O pagamento dos novos elegíveis será feito a partir de quarta-feira (5). Nesse dia, os nascidos de janeiro a maio (483 mil pessoas) terão o crédito disponibilizado na poupança social digital. Os pagamentos aos nascidos nos meses posteriores, considerando os novos elegíveis, ocorrerão nos dias seguintes.

 

R7

 

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.