73 padres diocesanos foram acometidos com a Covid-19 no Ceará. Em Tianguá foram 06.

0

Com a disseminação de casos do coronavírus no Estado, a Conferência Nacional de Presbíteros (CNP) – vinculada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) – estima que 73 padres diocesanos foram acometidos com a Covid-19 no Ceará até fevereiro de 2021. Destes, quatro vieram a óbito, conforme informações colhidas por consultas regionais nas arquidioceses.

Fortaleza contabiliza o maior número de casos, com 18 padres positivados e outras três mortes. Em seguida está o município de Crato, com 12 infectados e um óbito. Em seguida encontra-se Sobral, com oito confirmações. Limoeiro do Norte, Itapipoca e Iguatu estão empatadas com sete casos cada. Tianguá tem seis. Já Quixadá e Crateús somam quatro, dois em cada localidade.

Revista Camocim

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.