Camilo decide apoiar Lula na corrida presidencial contra Bolsonaro e Ciro Gomes

0

O atual governador do Ceará também decidiu que não vai deixar o PT após 22 anos.

Em reunião com o ex-presidente Lula (PT), em São Paulo, o governador Camilo Santana (PT) decidiu que não vai deixar o partido após 22 anos na legenda para a disputa das eleições de 2022. Ele também reafirmou o apoio ao ex-presidente petista na corrida presidencial contra Jair Bolsonaro (sem partido) e Ciro Gomes (PDT).

Há a expectativa que Camilo concorra ao cargo de Senador nas próximas eleições. Caso opte por concorrer ao cargo no Senado Federal, o atual governador do Ceará vai disputar como filiado do PT, seu atual partido. Entretanto, a definição sobre ser candidato, ou não, será colocada nas mãos do senador Cid Gomes (PDT).

Acordo não firmado

Camilo buscava na reunião com Lula selar a paz do petista com Ciro Gomes. Porém, segundo revelou a coluna Radar, da revista Veja, o ex-presidente não quer mais aliança com os irmãos Ferreira Gomes.

 

CN7

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.