Sócios do Leonardo da Vinci comparam atitude do Governo do Ceará a nazistas

0

O médico Boghos Boyadjian, diretor da clínica que leva o mesmo nome, e um dos sócios do Hospital Leonardo da Vinci, publicou um texto em seu perfil nas redes sociais afirmando que o governador Camilo Santana (PT) mandou desapropriar a unidade hospitalar. Porém, segundo ele, o acordo era de aluguel.

“O Hospital Leonardo da Vinci construído com recursos privados pelos sócios da Clínica Boghos foi solicitado para ser alugado à Secretaria de Saúde do Estado através de seu secretário Dr. Cabeto, com o consentimento de seus proprietários”, disse. Dr. Boghos se mostrou surpreendido com a desapropriação. “Após alguns meses, à revelia de seus donos legais é desapropriado por decreto do Governador. Não se tem notícia de nenhuma desapropriação por decreto de bem privado em outros estados da federação”, continuou.

O médico ainda comparou a atitude com decisões tomadas pelo ditador Adolf Hitler, durante o período nazista, na Alemanha. “Existem notícias similares na Alemanha do período nazista”, completou.

CN7

 

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.