10 mil voluntários desistiram de trabalhar nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, aponta diretor-geral

0

O diretor-geral dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 revelou que cerca de 10 mil voluntários desistiram de trabalhar no evento esportivo nos últimos meses. A pandemia de Covid-19 foi o motivo principal para as baixas. Com isso, caiu para 70 mil o número de voluntários na programação. 

“Acredito que não há dúvida de que uma das razões é a preocupação com as infecções por coronavírus”, afirmou na noite dessa quarta-feira (2), Toshiro Muto, complementando que o menor número de voluntários não irá prejudicar o evento. 

NOVA DATA MANTIDA

Seiko Hashimoto já descartou um novo adiamento dos Jogos Olímpicos e frisou que o cancelamento só ocorreria em circunstâncias catastróficas, no caso de a maioria das delegações ser impedida de viajar ao Japão.

“Se vários países do mundo estiverem passando por situações muito graves e as delegações da maioria dos países não puderem vir, então não poderíamos celebrá-los”, declarou ao jornal Nikkan Sports nesta quinta-feira (3). “A menos que tal situação surja, os Jogos não serão cancelados”.

Os Jogos Olímpicos estavam programados para 2020, mas foram adiados para este ano em função da crise sanitária.  Agora, o evento está previsto para ser disputado entre 23 de julho a 8 de agosto.

Novos detalhes sobre as cerimônias de entrega de medalhas serão divulgados pelos organizadores do evento ainda nesta quinta-feira. A intenção é gerar mais entusiasmo, já que as pesquisas mostram que a maioria dos japoneses prefere que os Jogos sejam cancelados ou adiados novamente.

Diário do Nordeste

Não existem avaliações

Deixe sua avaliação

DEIXE SEU COMENTÁRIO

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.